Por que sou preguiçoso? 5 maneiras de parar de ser preguiçoso e desmotivado

Ser preguiçoso significa apenas que você deseja despender o mínimo de esforço possível, e quem, em sã consciência, gostaria de despender tempo ou energia extra onde não é garantido?

Claro, ser preguiçoso também é problemático, se você estiver se sentindo preguiçoso e desmotivado, não tomará medidas proativas para atingir seus objetivos e poderá ter dificuldades em sua vida pessoal e profissional.

Felizmente, várias estratégias podem ajudá-lo a derrotar esse lado mais sombrio de sua mente

Se você quiser parar de ser preguiçoso, será necessário um esforço concentrado de sua parte. Mas não se preocupe, depois que algumas dessas táticas entrarem em ação, você achará muito mais fácil manter seu ímpeto.

1 – Aprenda a aceitar sua própria preguiça

Na maior parte, este artigo foi elaborado para ajudá-lo a lutar contra a preguiça como se fosse um vilão covarde tentando sabotar intencionalmente o seu sucesso, no entanto, isso pode ser contraproducente. Se você odeia a ideia de ser preguiçoso, é provável que acabe se ressentindo.

Isso leva a um ciclo de conversa interna negativa, que está cientificamente demonstrado ter um efeito negativo no humor, aumentando o estresse, o baixo humor e o alto estresse levam a uma produtividade ainda mais baixa, o que leva à baixa autoestima, e o ciclo continua.

A maneira de escapar disso é aprender a aceitar sua própria preguiça, não há problema em se sentir preguiçoso. É natural sentir preguiça. Você pode trabalhar para lidar com sua preguiça sem se sentir mal ou culpado por isso.

2 – Entenda sua fonte de preguiça ou falta de motivação

Em seguida, dedique um tempo para entender as raízes de sua preguiça e, ou falta de motivação, esse é um dos passos mais desafiadores, mas também um dos mais importantes.

Se você conseguir descobrir o que está fazendo você se sentir preguiçoso e desmotivado, poderá encontrar uma maneira de prevenir ou mitigar o efeito.

Por exemplo, você sempre se sente desmotivado em determinada hora do dia? A sensação de preguiça se insinua quando você não tem um trabalho que o desafie?

O estresse é uma fonte comum de falta de motivação, cinquenta e sete por cento dos funcionários com alto estresse se sentem improdutivos, em comparação com 10% dos funcionários com baixo estresse.

Preste atenção ao seu ambiente, à hora do dia, às pessoas ao seu redor e ao tipo de trabalho que está fazendo. Provavelmente, há um padrão.

3 – Quebre seus ciclos pessoais

Em muitos casos, a preguiça é um subproduto do hábito, direta ou indiretamente, e isso é especialmente verdadeiro se você se sentir preguiçoso na mesma hora do dia ou nas mesmas circunstâncias.

Consequentemente, você pode reduzir sua sensação de preguiça simplesmente quebrando seus hábitos e ciclos, isso é especialmente importante se você trabalhar em casa ou se ficar no mesmo escritório todos os dias.

Considere trabalhar em um novo ambiente, escolhendo horários de trabalho diferentes ou até mesmo se vestindo de maneira diferente, qualquer mudança importante pode ter um efeito positivo sobre você.

4 – Defina metas mais razoáveis

As vezes, as pessoas são preguiçosas porque as metas que estabeleceram para si mesmas são muito intimidantes.

Por exemplo, digamos que é um dia quente e você definiu a meta de correr ao ar livre por 16 quilômetros, é uma tarefa difícil, mesmo para um corredor talentoso. Então, naturalmente, você procrastinará e temerá o início do exercício.

Mas e se você reduzisse sua meta para uma corrida de 2 quilômetros? Seria muito mais fácil reunir a motivação para ir, e 2 quilômetros certamente é melhor do que 0 milhas.

5 – Realize Algo Pequeno

Sentir-se realizado é um motivador tremendo. Se você conseguir realizar algo e se sentir bem com isso, essa energia positiva continuará em sua próxima empreitada – mesmo que seja algo que você teme fazer.

Você pode otimizar sua carga de trabalho ou mesmo seu dia para isso. Escolha uma tarefa pequena e facilmente realizável no início do dia para começar seu impulso. Uma das minhas dicas de produtividade favoritas é se algo leva menos de 2 minutos, faça agora.

A regra dos 5 segundos é semelhante. Se você tem um impulso de fazer algo produtivo, tem 5 segundos para agir de acordo com esse impulso. Aproveite essas sensações passageiras de produtividade e não hesite em agir de acordo com elas!

Se você ficar preso no meio do dia, encontre algo para fazer que o faça se sentir bem – mesmo que isso signifique se desviar de seu plano usual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *